4 de junho de 2015
Mitos, Emagrecimento, Dicas

1.     Não comer carboidrato à noite
O carboidrato tornou-se o
grande vilão de quem deseja perder peso e normalmente é o primeiro nutriente a
ser cortado da dieta, principalmente no jantar. Porém, se consumidos na
quantidade adequada, os alimentos fontes de carboidrato não geram ganho de
peso.
À noite, a necessidade
energética é menor, já que o organismo entra em repouso, por isso é preciso ter
cuidado com a quantidade de carboidratos. Também é importante escolher
carboidratos de boa qualidade (com baixo índice glicêmico), ou seja, aqueles
que não causam picos de glicose no sangue e não geram estímulo para o acúmulo
de gordura. Alguns exemplos são: batata-doce, mandioca, arroz integral, aveia e quinoa.
 2.     Consumir apenas proteína e salada nas refeições
Os carboidratos são
necessários para a produção de energia no nosso organismo. A privação desse
macronutriente pode acarretar sintomas como: falta de energia, mau humor, dor
de cabeça, indisposição, entre outros. Por isso, mais importante que sua
restrição, é saber escolher boas fontes de carboidratos, sempre priorizando as
versões integrais, além de consumi-los com
moderação.
      3.     Frutas podem ser consumidas à vontade
As frutas são fontes de
vitaminas e sais minerais, mas apesar de serem consideradas saudáveis, devem
ser ingeridas com moderação na dieta, pois são ricas em frutose, um tipo de
carboidrato. Além disso, algumas frutas são mais calóricas que outras, como a jaca
e o caqui. O ideal é consumir até 4 porções ao dia, de preferência acompanhadas
com outros alimentos fontes de proteínas ou gorduras boas, como queijo branco
ou castanhas, que reduzem a absorção de carboidratos. Outra dica é adicionar chia ou linhaça nas frutas, pois a
presença de fibras também diminui a absorção de carboidrato.
      4.    As gorduras devem ser excluídas da dieta
Apesar de calóricas, as
gorduras são extremamente necessárias para o nosso organismo e desempenham
diversas funções importantes, como produção de hormônios e melhora da absorção
de vitaminas, como vitaminas A, D, E e K. Por isso, boas
fontes de gordura devem fazer parte da dieta, mas sem exageros. As melhores
fontes são: azeite de oliva, oleaginosas (como macadâmia e castanhas) e óleo de
peixe (fonte de ômega 3), entre outras.
     5.     Comidas light e diet ajudam a emagrecer
Para serem classificados
como light, os produtos devem ter redução mínima de 25% de algum nutriente em
sua composição, seja gordura, açúcar ou calorias. Já os produtos diet devem ter
isenção de algum ingrediente, geralmente o açúcar, por exemplo. O grande
problema é que esses alimentos podem ter maior concentração de gordura quando
comparados às versões tradicionais, por isso nem sempre são opções saudáveis. O
ideal é preferir produtos naturais ao invés de diet e light, inclusive já
existem diversas opções de chocolate com alto teor de cacau, sem adição de
açúcar e sem lactose, com baixo teor de
gordura. Portanto, melhores alternativas quando comparadas ao chocolate diet.

Dica Extra: Para levar suas comidas saudáveis para qualquer lugar, aposte nas bolsas térmicas e não saia da dieta!
Compartilhe
Comentário4

  • Como usar: Saia Midi
  • Produtos recebidos da AK Acessórios
  • Wishlist: Ilha da Beleza
  • Vídeo: Produtos Favoritos de Agosto – 2015
  • Deixe um comentário

    4 Comentários em "5 Mitos do Emagrecimento"

    avatar
    Comer Blogar Amar

    Jaque adorei as dicas
    nossa essa de comer frutas a vontade é o maior erro kkkkk
    ai a pessoa se entope de frutas calóricas, lascou neh? rsrs

    bjos
    kammy
    Comer, Blogar, Amar

    Quebrei A Regra

    Oi Kammy.
    Ah! Que bom que gostou das dicas.
    Essa dica das frutas é um erro que a maioria comete.
    Bjus

    Lucy Viana

    Jaque vou ter que fazer o inverso né? Quero engordar, mas minha mãe fala que não engorda de ruindade kkkkk Magreza impera aqui kkkkkkk

    Beijos

    Quebrei A Regra

    Lucy, você tem sorte de ser magrinha e linda assim =)
    Bjus

    wpDiscuz