17 de julho de 2017

Batom matte Vita Lábium da Bio Genetyc | Vinho 22 e Vermelho 28

No inverno, a recomendação dos dermatologistas é redobrar o uso de batons hidratantes para evitar o ressecamento e as rachaduras. Porém, tem algumas mulheres que não gostam de batom cremoso e hidratante e preferem o matte. E foi pensando nisso que a Bio Genetyc criou o batom Vita Lábium que garante hidratação e deixa os lábios com um efeito opaco.

Os batons da linha Vita Lábium é composto por polímeros de alta tecnologia que são responsáveis por criar um filme impermeável minutos após a aplicação.

Batom matte Vita Lábium da Bio Genetyc | Vinho 22 e Vermelho 28

A linha é composta por 6 cores de batons e hoje vou mostrar para vocês 2 dessas cores, o Vinho 22 e o Vermelho 28.

Sua embalagem é exclusiva e conta com um mecanismo onde é possível dosar o tanto de batom que precisa, além do pincel rígido que facilita o contorno dos lábios.

Todos os batons dessa linha tem em sua composição vitamina E, extratos naturais e filtro solar que protegem os lábios contra os raios ultravioletas e os mantém hidratados.

Na pele:

Batom matte Vita Lábium da Bio Genetyc | Vinho 22 e Vermelho 28

 

Nos lábios:

 

Vermelho 28

 

Batom matte Vita Lábium da Bio Genetyc | Vinho 22 e Vermelho 28

Vinho 22

 

Eu achei que a cor Vermelho 28 é mais pigmentado do que o Vinho 22. Eles tem um textura de gel e demora cerca de 5 minutos para secar e ficar opaco. O Vinho 22 mancha um pouco e é preciso aplicar duas camadas para obter um acabamento perfeito. A sua durabilidade é boa e eles não transferem.

Os batons Vita Lábium da Bio Genetyc custa R$27,80 cada e estão à venda no loja virtual da marca clicando AQUI e em algumas unidades das redes Farmais e Drogaria São Paulo.

4 coraçõezinhos

Detalhes da nota:

Embalagem e Apresentação: 4 (coisa linda)
Pigmentação: 4 (alta)
Durabilidade e Fixação: 3 (3 a 4 horas)
Textura e Aplicação: 5 (ótima)
Fragrância: 4 (ótima)
Preço: 4 (barato)
Média: 4

 

Para visualizar a lista completa e o sistema de notas, clique AQUI.
Compartilhe
Comentário10

  • Hidrolato de Alecrim da Bio Essência
  • Ampola Hidro-Cauterização 3 Minutos Milagrosos – Pantene
  • Renovage Blue Diamond, loção tônica facial antifadiga da Bioage
  • Clareando os pelos em casa com o kit Banho de Lua Caviar Lightner
  • 14 de julho de 2017

    A Bruna Tavares tem uma coleção incrível de esmaltes em parceria com seu blog Pausa para Feminices e a Studio 35. Os esmaltes que mais gosto dessa linha são com o tema de contos de fadas, por isso essa semana escolhi a cor Floresta das Fadas para usar.

    Eu achei o Floresta das Fadas um dos esmaltes mais diferentes que a Bruna criou para a Studio 35. Ele possui um tom de cinza meio lilás azulado com um reflexo esverdeado. Seu acabamento é fosco e meio emborrachado.

    Os vidrinhos dos esmaltes da Studio 35 são a coisa mais linda! Eles vem com um lacinho e agora o vidrinho é com 9 ml de produto, pois foi uma forma de melhorar o preço uma vez que é difícil a gente usar um esmalte até o fim (eu confesso que nunca consegui).

    Achei esse esmalte super pigmentado, de fácil aplicação e com ótima durabilidade. Ele dura nas minhas unhas uns 4 dias, o que é uma raridade para mim.

    Todos os esmaltes da Studio 35 contém micro esferas para ajudar na homogeneização da cor e eles não são 3 Free.

    Floresta das Fadas da Pausa para Feminices by Studio 35

    Floresta das Fadas da Pausa para Feminices by Studio 35

    Floresta das Fadas da Pausa para Feminices by Studio 35

    O Floresta das Fadas da Pausa para Feminices by Studio 35 custa em torno de R$6,00 e está à venda nas melhores perfumarias do Brasil. 

    Compartilhe
    Comentário35

  • Unha da semana: Frio na Barriga | Coleção Stars – Hits Speciallità
  • Unha da semana: Grão de Arroz – Risqué
  • Unha da semana: Sound – Vult
  • Unha da semana: Mediterrâneo – BU Esmaltes + Glitteríssima Music – DNA Italy
  • 13 de julho de 2017

    Desodorante Odorblock 2 Bí-O da Garnier

    Nas axilas, acontece a proliferação das bactérias causadoras do mau odor. Elas se transferem para a roupa e se fixam no tecido, causando o mau cheiro. E como isso é um incômodo que muitas vezes permanece mesmo após a lavagem, a Garnier lançou o desodorante Bí-O Odorblock 2.

    O desodorante Odorblock 2 oferece proteção de 48 horas e garante auxilias limpas, secas e sem odor. Além disso, elimina 99,9% das bactérias causadoras do mau cheiro e evita a transferência de odor para as roupas.

    Desodorante Odorblock 2 Bí-O da Garnier

    Ele está disponível na versão em aerosol e em roll-on. Ambas tem o mesmo cheiro suave e delicado e contém 0% de álcool em sua composição.

    Esses são os únicos desodorantes do Brasil com fórmula exclusiva e tecnologia patenteada que evita o odor da pele e das roupas. Os desodorantes tem em sua composição extrato de semente de moringa que mata 99,9% das bactérias e mineralite absorvente com alto poder de absorção.

    O Odorblock 2 em aerosol tem um jato seco que logo é absorvido e não deixa a pele branca. Já o em rool-on é cremoso e demora um pouco mais para absorver, porém também não deixa a pele branca.

    Desodorante Odorblock 2 Bí-O da Garnier

    Confesso que o meus desodorantes favoritos eram apenas os da Rexona por evitar o mau cheiro, mas depois de testar o Odorblock 2 mudei minha opinião. Ele realmente cumpre com o que promete e não deixa as axilas e nem as roupas com mau cheiro. Percebi que os desodorantes criam um filme protetor nas axilas que evita aquela sensação pegajosa, ou seja, mesmo nos dias mais quentes as axilas ficam sequinhas. Amei!

    Desodorante Odorblock 2 Bí-O da Garnier em aerosol custa em torno de R$14,00 e o em roll-on custa em torno de R$9,00. As duas versões já estão à venda em supermercados, perfumarias e farmácias do Brasil.

    Compartilhe
    Comentário7

  • Resenha: demaquilante bifásico Roseta Quem Disse, Berenice?
  • Bio-C Radiance 20%, o gel creme com vitamina C pura da Bioage
  • Desodorante Roll-on Sem Perfume da Schraiber
  • Kit cuidados diários Plástica de Argila – Cadiveu
  • 12 de julho de 2017

    A máscara facial Peel-off Black Mask da Shills é a nova febre mundial para remoção de cravos da pele. Ela é a única no Brasil com pó de carvão ativado.

    Além de remover os cravos da pele, a Black Mask também promete limpar e remover as impurezas e células mortas, renovar e clarear a pele, desobstruir os poros, controlar a oleosidade e recuperar a hidratação.

    Peel-off Black Mask da Shills, a única máscara preta com carvão ativado no Brasil

    Ela vem em um tubo de plástico com 15 ml e rende de 2 a 7 vezes de uso. Se aplicar no rosto inteiro é 2 vezes, agora se aplicar apenas na zona T dura umas 7 vezes. O recomendado é aplicar 1 vez por semana em pele oleosa ou mista e uma vez a cada 2 semanas em pele seca.

    A máscara parece pixe de asfalto, ou seja, uma meleca super preta, grossa, lisa, brilhante e pegajosa. Ela praticamente não tem cheiro e seca depois de alguns minutos após a aplicação.

    Peel-off Black Mask da Shills, a única máscara preta com carvão ativado no Brasil

    Eu tenho a pele sensível e não vi que para esse tipo de pele o ideal é evitar as maças do rosto, buço e áreas próximas às sobrancelhas. Me empolguei e apliquei a máscara no rosto todo. Quando a máscara secou, puxei com toda calma do mundo, e mesmo assim, doeu muito… Tanto é que deixei vários pedacinhos no rosto e tirei com água pois não queria mais sentir dor.

    Então, na segunda vez, apliquei a máscara apenas na zona T e não senti tanta dor porque não tenho tanta sensibilidade nessa área. Quase não tenho cravos, então o efeito não foi tão grande, porém a pele ficou macia e lisinha.

    Quem tiver muitos cravos e não ter a pele sensível igual a minha, acredito que a Black Mask trará melhores resultados. Ela realmente tira os cravos, diminui os poros, deixa a pele lisinha, além de fazer uma micro depilação. Eu vou continuar usando essa máscara, mas só no nariz!

    A Peel-off Black Mask da Shills com 15 ml custa em torno de R$31,00 e para saber as lojas autorizadas da marca é só clicar AQUI.

    Compartilhe
    Comentário5

  • NatimusBOX Makeup – Edição de Novembro
  • Loção Repelente de Insetos da Nutripele
  • Protetor solar fluido FPS 70 para corpo e rosto Anthelios [XL]-Protect da La Roche-Posay
  • Creme para Pernas Cansadas da Schraiber
  • 11 de julho de 2017

    Resenha óleo trifásico maracujá da Natura

    A Natura Ekos têm óleos corporais incríveis, como o Óleo Trifásico Maracujá que vou mostrar hoje para vocês.

    O Óleo Trifásico Maracujá tem propriedades emolientes e ação desodorante que promove sensação de refrescância após o enxágue, além de deixar a pele macia e delicadamente perfumada.

    Resenha óleo trifásico maracujá da Natura

    Ele vem com 200 ml e sua embalagem é de plástico transparente. A tampa é de rosca que precisa girar para abrir. Achei essa tampa bem interessante, pois sai a quantidade ideal de produto e evita o desperdício.

    O Óleo Trifásico Maracujá tem uma textura levíssima, não deixa a pele oleosa e não mancha as roupas, desde que usado de forma correta. O recomendado é agitar antes de usar e enxaguar bem para retirar os resíduos da pele após a aplicação.

    Resenha óleo trifásico maracujá da Natura

    Esse produto contém em sua composição óleo de maracujá que tem alta concentração de ácidos graxos essenciais que hidrata e acalma a pele, suavizando agressões externas.

    Eu gostei muito desse Óleo Trifásico Maracujá da Natura Ekos. Ele tem um cheiro cítrico que fica na pele depois de algumas horas após o banho. Na primeira aplicação já é possível notar a pele mais macia e hidratada. Super recomendo!

    Óleo Trifásico Maracujá Natura Ekos custa R$59,90 e está à venda na Natimus Beauty clicando AQUI. E as leitoras do blog ganham 10% de desconto no e-commerce da Natimus Beauty usando o cupom abaixo no final das compras.

    Natimus Beauty cupom de desconto

    Compartilhe
    Comentário5

  • Minha NatimusBOX Soft – Edição Outubro/16
  • Gel de Limpeza Tonificante TEZ – Natura
  • Linha Extreme Liss da Fbys para controle do frizz
  • NatimusBOX Makeup: edição especial de Natal | Dez/16